quarta-feira, 27 de maio de 2009

Confiança

Andei pensando... No Houaiss, a primeira acepção da palavra CONFIANçA é: "Crença na probidade moral, na sinceridade afetiva, nas qualidades profissionais etc., de outrem, que torna incompatível imaginar um deslize, uma traição, uma demonstração de incompetência de sua parte; crédito, fé". Também pode significar "Força interior; segurança, firmeza"... mas, por outro lado, também significa "Atrevimento, insolência". Hm... 

Não é um atrevimento crer que uma pessoa (veja bem: pessoa - ser humano) jamais cometerá um deslize? Seria a confiança nada mais que uma expectativa? E a expectativa não seria, de certa forma, algo egoísta? Afinal, penso que egoísmo não é pensar em si, mas querer que os outros pensem como você. 

Hm... Não quero pensar na confiança como algo positivo ou negativo. Mas PARA MIM, pensando AGORA sobre isso, creio que já não seja algo que ME faça tão bem. Confiar em algo/alguém 100%? Só em mim...! Aliás... Nem em mim! Afinal,  continuo no meu processo de auto-conhecimento diariamente, infinitamente. Acho que o ideal, PARA MIM, seria uns 50%. Assim, sobra espaço para ser surpreendida, para prestar mais atenção na coisa/pessoa, para não me decepcionar... e viver o PRESENTE!


Beijos aos amigos e família!
Deinha

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. hum...deinha
    quando digo que confio em algo (ou alguém)
    na verdade (ou, na realidade, de fato)
    estou confiando em que mesmo? hehehe
    estou agora num kensan concentrado de 10 dias (
    eu, anando, marceline, romeu, keigo, satoh e nanako). eu tô pensando essas coisas agora...heheh (óia o meu blog)
    abraços

    ResponderExcluir
  3. Oi, Déia!!
    O que acho disso é que é importante confiar sim, mas a gente tem que estar preparado para, talvez, frustrar a confiança. Um amigo meu fez uma metáfora de uma ponte: você tem que confiar que ela não vai cair, senão você não passa e fica só em um lado do rio, embora a ponte, por mais que você analise, possa cair. Acho que, se a coisa não representa risco de vida, o problema mesmo é a frustração. O que acontece se aquilo no que você confia simplesmente falha?

    Bjocas
    T
    PS: adoro quando você comenta meu blog!

    ResponderExcluir
  4. porra!
    o alam manda a pergunta na mosca!
    bom!
    mudando de assunto...eu e os manos aqui, fizemos um video em homenagem a vcs, e ao niver atrasado do kaj! eu e T editamos agora a tarde e se pá até amnhã está no youtube pra vcs verem!
    aguarde!
    e escreva mais! to adorando seu blog!

    ResponderExcluir
  5. ahhhhh nossa outra coisa!!!
    tava remexendo nas minhas coisas aqui e achei uma cartinha sua de quando a gente fez uma vila...vc tava falando de estudar e fazer cursinho e mais um monte de coisas que tinhamos pensado naquela vila! muito nostálgico!
    eu nem lembrava que vc tinha escrito uma carta pra mim e mandado pelo correio!
    vc lembra da época do correio? hauhauhauha!
    muita saudade daquela época!

    ResponderExcluir
  6. Cara, pode total pegar o vídeo e postar aqui no seu blog :-)

    Bjocas!!
    T

    ResponderExcluir