domingo, 16 de agosto de 2009

RIGIBLICK


Essa dica vai para os que realmente apreciam uma gastronomia ousada, requintada e de qualidade. Características que, na minha opinião, valem o precinho salgado. Vale também pela localização, decoração, serviço e hospitalidade.

O jantar foi um convite feito por minha "mãe suíça" e professora de alemão, a querida Ursula. Ela queria comemorar o casamento comigo e com Kaj, e para lá nos levou nessa sexta-feira. Pegamos um táxi e subimos a chamada "Gold Coast" de Zürich, a região mais cara de se morar na cidade por ficar nas montanhas e no lado que recebe maior incidência de luz solar. E o restaurante fica lá em cima!... Imagine a vista!

Quando chegamos, ainda era umas 19.30, e o sol ainda estava alto. Mas por volta das 21.30 vi o pôr-do-sol mais lindo de Zürich até o momento. E para melhorar, depois chegou uma noite bem estrelada e ficamos por lá até às 00.00. Pois é, quase 5 horas jantando. Por isso, só vá até lá se tiver TEMPO para relaxar e apreciar um excelente menu.

Devido ao clima perfeito para tal, reservamos a mesa lá fora, no terraço. Com uma ar clean, as mesas estão muito bem distribuídas, com espaço suficiente entre elas, fazendo do local um lugar propício para o conforto e a privacidade. O menu, com dois temas, é flexivel e com opções vegetarianas também. Desse menu você só escolhe a entrada e o prato principal. O resto é por conta deles. "Mas que resto???", vocês devem estar me perguntando. E eu respondo: ao todo foram 9 cursos, sem contar os deliciosos pãezinhos frescos, com os mais diferentes sabores, recém-assados durante todo o tempo até o prato principal. Sem contar a manteiga - até essa era chique - cuidadosamente preparada e apresentada.

Todos os pratos trazem porções bem pequenas, mas que se combinam entre si. Iniciamos com um aperitivo de presunto parma com melão, depois veio um terrine de carne com espuma de wasabi. Aí a entrada, escolhi um spring roll de camarão, sopa vietnamita de côco com espuma de gengibre e salada com molho de gergelim. Depois um (1) ravióli de queijo com ervas e duas lascas de trufa e o prato principal - Filé de red snaper e camarões grelhados, shitake e legumes ao curry. Depois um variado prato de queijos com geléias, a pré-sobremesa (sorbet de Mirabelle), a sobremesa - mousse de cassis, creme brullè de cassis e brownie de chocolate. Por fim, depois do espresso, um tabuleiro de pralines nos mais variados sabores. UFA!

Infelizmente não tirei fotos dos pratos. Pela montagem deles, percebe-se o cuidado, a atenção, a criatividade e o carinho. Devido ao tipo de serviço que oferecem, eles não vendem a mesma mesa duas vezes, e não ficam acelerando pra você ir embora. Justamente por isso, é praticamente IMPOSSÍVEL chegar lá sem reserva e querer ser atendido. Mais um detalhe: depois que a tarde cai, começou um ventinho mais fresco. Apesar do céu limpo, em certo momento começou a esfriar. Sem problemas: a equipe vem te oferecer mantas para se aquecer! E ainda, antes de ir embora, o chef da cozinha vem até a mesa para checar se todos estão satisfeitos. Fala sério!

Desculpem o deslumbre, mas nunca estive num local como este. Nem aqui, nem no Brasil. Certamente que não voltarei tão cedo lá, mas já sei onde ir em ocasiões SUPER especiais ;)

Fuiiiiii

Nenhum comentário:

Postar um comentário